domingo, 20 de fevereiro de 2011

Prazer Solitário ... nem tanto!

Bem, para matar um pouco da curiosidade segue uma foto da Sra. Wet, deitadinha na cama de uma pousada, totalmente nua, preparando-se para a noite que viria (e que noite – aqueles que estavam lá, sabem do que estamos falando.... ).

Incrível como é gostoso ver sua mulher masturbar-se na sua frente! E é incrível como tão poucos homens incentivam suas mulheres a explorarem sua própria sexualidade. Muitos homens consideram um desaforo (sim, já ouvimos isto!) saber que sua mulher diverte-se quando ele não está “disponível” ou mesmo quando está.

Verdade seja dita, nenhum casal consegue manter uma freqüência sexual diária por muito tempo. Cedo ou tarde uma gripe, uma dor de cabe ça, uma viagem irá fatalmente deixar um dos dois “na mão”. E por que a mulher não teria o direito de satisfazer-se?

Acreditamos que a mulher tem o direito (ou seria, a obrigação?) de descobrir-se sexualmente. E este prazer solitário é uma das mais efetivas formas de descobrir-se – e quando este prazer deixa de ser solitário e passa a ser exibicionista, ele torna-se uma das mais deliciosas lições que o homem pode ter para aprender a melhor forma de satisfazer sua mulher. Quer aprender a fazer o melhor oral da vida de sua mulher? Pergunte a ela como!

Se a Sra. Wet masturba-se? É claro que sim! Esta semana em especial, após um delicioso final de semana onde comemoramos nosso aniversário de casamento com a mais que especial participação de um Casal Delicioso, ela levou-me a loucura contando suas fantasias, malícias, desejos e anseios... e o fez após vivenciar seus orgasmos. Querem um melhor aperitivo para uma boa noite de sexo do que ouvir o que sua mulher tem a falar de seus orgasmos, enquanto implora com seus olhos famintos por ainda mais orgasmos? Há melhor preliminar do que ouvir entre beijos e sussurros sua mulher contar da outra que esteve em sua cama, satisfazendo-a, ainda que em fantasias? E há melhor ingrediente para motivar um homem a ser o melhor para sua esposa do que saber que ela possui um desejo sexual inesgotável, ainda que ávido por tentar saciar-se com você? Duvido que exista...

Para concluir, algo delicioso que ocorreu semanas atrás...
Estive fora de casa por alguns dias a trabalho, e quando chego em casa, após uma deliciosa recepção a porta, noto que a Sra. Wet não esteve sozinha durante minha ausência. Sobre a mesa de jantar estava um de seus brinquedinhos, deliciosamente escondido entre suas coisas e confessando suas próprias ações.... não resisti e de súbito agarrei a Sra. Wet para uma maravilhosa noite de amor e sexo... Uma loucura!

0 comentários:

Postar um comentário